ASTROBLOG

Como saber se um site é seguro?

Conheça os principais fatores que você deve avaliar em um site antes de fornecer os seus dados e fazer a sua compra online

Hoje em dia, é possível comprar quase tudo pela internet, mas ainda é comum ter desconfiança em relação às compras online e não saber se o site onde está comprando é seguro, se os seus dados estarão protegidos, se receberá o seu produto e se ele atenderá as suas expectativas, se a empresa é séria e te dará suporte, caso aconteça algum problema. E este receio aumenta ainda mais quando a empresa não é uma marca muito conhecida.

Essa insegurança é justificada porque para realizar a compra será necessário fornecer os seus dados pessoais e, normalmente, envolve transações financeiras. Assim, torna-se essencial conhecer a credibilidade do site onde você tem o interesse de realizar uma compra. Por isso, vamos te mostrar os principais fatores que podem comprovar a credibilidade do site que você está acessando.

HTTPS

Os sites iniciam a sua URL (endereço do site) com as siglas "http" ou "https”, como acontece com o site da Plataformanet: https://plataformanet.com.br/, por exemplo. A diferença entre as duas siglas está nas suas especificações de segurança, que ajudam a proteger informações como logins, senhas, dados pessoais e bancários, como informações dos cartões de crédito. O "http" (abreviação de Hyper Text Transfer Protocol) é o protocolo que define as regras para a comunicação entre o computador e o servidor que abriga o site que você está acessando e permite a troca de informações entre o seu aparelho e o servidor.

O “https” (abreviação de Hyper Text Transfer Protocol Secure) é responsável por criptografar os dados transmitidos na comunicação entre o seu computador e o servidor, aumentando a segurança dos dados trocados e protegendo as informações. Se o site que você estiver acessando tiver o "https" significa que as suas informações terão mais uma camada de proteção. Quando um site possui essa criptografia, é possível ver que a sua URL começa com "https://", acompanhado do ícone de cadeado. Para conseguir inserir o protocolo “https”, o site precisa do selo de certificação digital SSL, comprovando a sua segurança.

Selos de segurança

Além do selo de certificação digital SSL, outras certificações e selos de segurança podem ser apresentados nos sites, comprovando a credibilidade das lojas virtuais e garantindo ao cliente a proteção dos seus dados pessoais. Atualmente, entre as principais empresas que fornecem os selos e certificações de segurança no Brasil estão Ebit, Site Blindado, Google Safe Browsing, Site Sincero e Site Seguro.

O Selo Ebit avalia todo o processo de compra no site, desde o fornecimento de dados dos clientes até a avaliação de satisfação dos consumidores. A Ebit classifica a reputação da loja virtual, que pode receber a classificação Diamante (Excelente) e as medalhas Ouro (Ótima), Prata (Muito boa), Bronze (Boa) ou Em Avaliação. Para realizar essa classificação, a Ebit analisa os requisitos mínimos que a loja deve cumprir. Para se certificar que o Selo Ebit presente no site é verdadeiro, o cliente deve clicar no selo e aguardar o carregamento da página no site da Ebit.

O Site Blindado oferece soluções para assegurar a segurança online em sites institucionais e lojas virtuais. O Selo Site Blindado atesta a proteção do site contra as vulnerabilidades na segurança que possam ser encontradas. De forma semelhante, o Google Safe Browsing avalia a segurança dos sites e aponta os possíveis problemas de segurança na loja virtual. O Google Safe Browsing faz parte do Transparency Report, segmento do Google responsável por analisar a segurança dos websites. O Selo Site Sincero é fornecido pela Trustvox. Esta plataforma coleta as opiniões dos consumidores e monitora as análises, garantindo a veracidade das avaliações que a loja virtual recebe.

O Selo Site Seguro é emitido pela Certisign, maior certificadora digital do Brasil. Através desse selo, a Certisign garante a autenticação da loja, além de criptografar as informações do site. Assim, os dados fornecidos dos clientes permanecem protegidos do acesso de pessoas não autorizadas. Além dessas certificações, também existem os selos específicos para a Black Friday. Conhecido pelas grandes ofertas de preços baixos, esse período de promoções pode trazer alguns riscos para o consumidor. Por isso, certificações como o Black Friday de Verdade e o selo Black Friday Legal comprovam a autenticidade das promoções oferecidas pelas lojas.

Formas de pagamento

As formas de pagamento presentes no site que você está comprando fazem a integração entre os sistemas de pagamento e a loja virtual. As empresas responsáveis por esses sistemas reúnem diversas formas de pagamento, centralizando as administradoras de cartões e as instituições bancárias. Entre as principais disponíveis atualmente estão PagSeguro, Mercado Pago, PayPal, PagHiper e Pagar.me.

O PagSeguro é um sistema de pagamentos desenvolvido pela UOL, que possibilita ao consumidor efetuar o pagamento com cartão de crédito, débito online, transferência ou boleto. O Mercado Pago é a solução para pagamentos online do Mercado Livre, esse sistema permite que o cliente faça pagamentos pela internet utilizando o cartão de crédito ou boleto bancário. O PayPal é um sistema de pagamento internacional e através dele, o cliente pode comprar utilizando débito em conta ou o cartão de crédito. 

O PagHiper é uma empresa que opera emitindo boletos bancários, disponibilizando aos clientes a opção do pagamento via boleto. O Pagar.me é um sistema intermediador que viabiliza pagamentos online através do PSP, Provedor de Serviços de Pagamento (Payment Service Provider), que conecta o cliente, o vendedor e as bandeiras de cartões de crédito.

 

Este conteúdo é produzido pela agência de marketing digital Plataformanet  e publicado no caderno de tecnologia em parceria com o Portal ABCdoABC. Continue acessando nosso conteúdo e acompanhe as novidades sobre o mundo da tecnologia, entre outras dicas de serviços e aplicativos.

Crédito da imagem: Freepik

< Voltar