ASTROBLOG

Tecnologia RFID: O que é e como pode ser utilizada?

Saiba como as etiquetas de identificação por radiofrequência podem otimizar diversos serviços 

As etiquetas com tecnologia RFID possuem um propósito muito importante no comércio e podem influenciar no nosso dia a dia. O RFID (radio frequency identification em inglês) utiliza um sistema de identificação por radiofrequência, onde informações são transmitidas por ondas de rádio. Essa tecnologia apresenta uma alternativa – mas não substituindo completamente – a outros sistemas de identificação que precisam de várias etapas para que possam funcionar, como é o caso do leitor do código de barra. 

O sistema RFID funciona através de uma tecnologia de comunicação de curto alcance, onde cada produto recebe uma etiqueta com um código de identificação único, assim, é possível monitorar com maior eficiência item por item, mas sem a necessidade de separá-los, selecionar um por um ou de contato físico. O sistema RFID utiliza uma antena, um transceptor que recebe o sinal das etiquetas RFID e transmite as informações para o dispositivo leitor. Esse dispositivo recebe as informações por radiofrequência e converte em dados digitais para que possam ser lidos e analisados. 

As etiquetas RFID funcionam como um transponder e, por meio do sinal que emitem, podem fornecer informações sobre objetos, animais ou pessoas e ser utilizadas para identificar, rastrear ou monitorar. As etiquetas RFID, também conhecidas como tags RFID, podem operar através de um sistema RFID passivo ou ativo. Nos sistemas RFID ativos, as tags RFID contam com uma bateria interna, esse fator aumenta a sua autonomia e a sua potência. Nos sistemas RFID passivos, as etiquetas RFID são alimentadas com a energia da própria antena do leitor, que emite ondas eletromagnéticas e serve como fonte de energia. 

As frequências de rádio utilizadas podem variar de acordo com as aplicações do sistema RFID. Para operar o sistema, as antenas e as tags precisam estar sintonizadas na mesma frequência. E apesar do curto alcance, a antena com a tecnologia RFID tem a capacidade de captar o sinal de várias etiquetas ao mesmo tempo e em diversas direções, já que não é preciso estar apontada para um ponto específico, como acontece com o leitor de código barras. 

Entre as suas funções, as tags RFID permitem ter mais precisão no controle de estoque, disponibilizando relatórios completos, simplificando todo o serviço de inventário, além de proporcionar mais agilidade e organização dos produtos. Por causa da sua eficiência no controle de produtos, o sistema de identificação por radiofrequência pode auxiliar lojas virtuais em atividades importantes, como na manutenção dos seus estoques. 

Além das aplicações no comércio, as tags RFID podem ser utilizadas em diversos outros setores, como no monitoramento de cargas, por exemplo, oferecendo mais segurança, inibindo roubos e auxiliando na logística e no transporte dos produtos. A identificação por radiofrequência ainda pode ser usada em pagamentos via celular através da aproximação dos dispositivos. Assim como no pagamento de pedágios e estacionamentos, desta maneira, basta o veículo passar pela marcação com o leitor na entrada e na saída, que a cobrança é feita de forma automatizada e dispensando a necessidade de guichês ou guaritas. 

Também é possível usar as etiquetas RFID em livros e outros itens que precisam ser arquivados nas bibliotecas ou ainda em hospitais, para um reconhecimento mais agilizado, tanto de produtos, como de pessoas. A identificação de pessoas por meio do RFID também pode ser utilizada em documentos pessoais, como no caso dos passaportes biométricos, por exemplo. Esses passaportes eletrônicos armazenam as informações pessoais que podem ser lidas rapidamente nos sistemas de imigração dos aeroportos. Além disso, o sistema RFID pode ser usado para a identificação e rastreamento de animais, facilitando o trabalho de veterinários, biólogos e produtores. 

 

Este conteúdo é produzido pela agência de marketing digital Plataformanet  e publicado no caderno de tecnologia em parceria com o Portal ABCdoABC. Continue acessando nosso conteúdo e acompanhe as novidades sobre o mundo da tecnologia, entre outras dicas de serviços e aplicativos.

Crédito da imagem: Freepik

< Voltar